Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Qual será o melhor presidente do PSD?
Rui Rio
Santana Lopes
Outro
Edição Nº 204 Director: Mário Lopes Sábado, 21 de Outubro de 2017
28 de outubro, 16h00, Praça Dr. Ortigão Costa
Forcados Amadores de Azambuja comemoram 50 anos com uma corrida de toiros mista
  
                             Cartaz
O Grupo de Forcados Amadores de Azambuja está a comemorar, neste ano 2017, o seu cinquentenário. A efeméride terá como ponto alto uma corrida de toiros mista, anunciada para as quatro horas da tarde de sábado – 28 de outubro, na Praça de Toiros “Dr. Ortigão Costa”, na Vila de Azambuja. A organização é da Associação Cultural “A Poisada do Campino”, na qual o grupo azambujense está integrado.

   O grupo aniversariante, chefiado pelo forcado André Letra, irá apresentar-se perante o público da sua terra assumindo a responsabilidade de pegar, sozinho, os cinco toiros da ganadaria Herdeiros de Camarate, destinados às lides a cavalo. Completam, assim, o cartel do espetáculo os cavaleiros Rui Salvador, Luís Rouxinol, Ana Batista, Manuel Teles Bastos e Soraia Costa, e, na lide apeada, o matador Manuel Dias Gomes e o novilheiro amador Rui Jardim, que mostrarão a sua arte perante um toiro de Callejo Pires e um novilho de João Ramalho. Como atrativo extra, nesta corrida, a atuação de Rui Jardim – aluno da Escola de Toureio de Azambuja – constituirá a sua prova de Novilheiro Praticante.

   Os bilhetes – com preços a partir de 10,00 euros – encontram-se à venda na barbearia Vitor Teixeira, no snack-bar “Sabores” e no café Padre Cruz, ou disponíveis para reserva pelo telefone 969 141 316 e email poisadadocampino@sapo.pt.

   Para conhecer as cinco décadas de história do Grupo de Forcados Amadores de Azambuja na primeira pessoa, visitamos a página de internet do próprio grupo…

   “Decorria o ano de 1967, quando em 27 de Outubro, na castiça Vila de Azambuja, surgiu um grupo de forcados, a que se deu nome de Grupo Forcados Amadores de Azambuja. Como fundador deste grupo mencionaremos Pedro Andrade, Afonso Guerra, José António Félix, João Alves, Fernando Libano, Isaac Lopes, Carlos Azevedo e Fernando Barreto (cabo), acompanhados pelo aficionado César Fernandes, que muito contribuiu até algum tempo. No ano de 1968, o grupo adquiriu os primeiros fardamentos, já que os anteriormente utilizados, foram alugados, tendo a despesa do aluguer sido suportada pelos Bombeiros Voluntários de Azambuja. Nesse ano o grupo fez 12 novilhadas.

   Em 1971, recebe-se como cabo José António Félix, em virtude de Fernando Barreto, ter sido mobilizado para a guerra do Ultramar.

   Segue-se o ano de 1976, com uma votação dentro do grupo composto nessa altura por 18 elementos, foi eleito como cabo Francisco Vassalo com 17 votos a favor e 1 contra, elemento que fazia parte do grupo desde 1970. A partir daqui o grupo é levado às primeiras praças do pais, bem como a mais de duas dezenas de corridas em Espanha com Touros desembolados e ainda a outras praças de touros em França.

   Como registo de nota, em 27 de Agosto de 1977, em Salvaterra de Magos, num mano a mano entre o saudoso Batista e Zoio, os grupos de Azambuja e da Chamusca, pegam 1 toiro cada um, em pontas, da Ganadaria de Pinto Barreiros, o que mereceu a prisão preventiva dos cabos. Nesse ano o grupo ainda não possuía a praça de toiros em Azambuja, mas já estava nas praças ao lado de grandes grupos...

   Em 1986, no final da época, passa a cabo Carlos Leonardo, forcado feito em Azambuja, que dá seguimento ao grupo até ao ano de 1996.
Foi em 1997, que passa a cabo Pedro Núncio, mantendo-se até ao ano de 2000.
Em 2001 surge como cabo Luís Silva, que se mantem até ao ano de 2002.
O ano de 2003 é orientado por um forcado do grupo José Quitério, até que em 2004 Joaquim Carvalho passa a cabo, lugar que mantem até ao ano de 2006.

   Em Junho de 2006 é chamado a tomar conta do grupo como cabo Fernando Coração que muito fez para criar uma forte união contando sempre com todo o apoio do cabo "Chico"... De referir, que no ano de 2007, se assinalaram os 40 anos do Grupo de Forcados Amadores de Azambuja, que ao longo de quatro décadas, se manteve sempre no ativo!”

   Atualmente, o grupo é capitaneado pelo forcado André Letra que recebeu de Fernando Coração a passagem de testemunho para essas funções, na corrida da Feira de Maio do ano 2015.

   Fonte: GC|CMA
21-10-2017
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
O Deselegante Declínio da Autoridade Administrativa
Sérgio Martinho
O declíno acentuado das funções executivas podem ser indicadores de doença
Drª Luísa Lagarto
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o