Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Concorda com a legalização da eutanásia?
Sim
Não
Não sei/talvez
Edição Nº 227 Director: Mário Lopes Terça, 17 de Dezembro de 2019
Filipe Silva alega graves irregularidades
Lista adversária impugna eleição de Rui Rocha para a presidência da Distrital de Leiria do PSD
   
                             Filipe Silva
Rui Rocha foi eleito no dia 30 de novembro presidente da Comissão Distrital do PSD de Leiria vencendo Filipe Silva, presidente da Concelhia do PSD de Figueiró dos Vinhos e vereador na Câmara Municipal, que apresentou uma lista alternativa. Contudo, a lista de Filipe Silva anunciou ter apresentado, no dia 10 de dezembro, junto dos serviços do Partido Social Democrata um documento no qual está vertida a impugnação das eleições dos órgãos distritais do PSD de Leiria, alegando graves irregularidades.

   Recorde-se que o ex-presidente da Câmara Municipal de Ansião se demitiu em agosto da presidência da Distrital como manifestação de desagrado pelas interferências da Direção Nacional do PSD na lista de Leiria candidata às eleições legislativas, tendo sido substituído interinamente pelo vice-presidente da Distrital, Hugo Oliveira, que dirigiu a campanha eleitoral no distrito com sucesso, com o PSD a eleger cinco deputados, incluindo o próprio. Rui Rocha regressa agora para apoiar Luís Montenegro à presidência do PSD, no que é acompanhado pela deputada Margarida Balseiro Lopes, presidente da JSD, que foi eleita presidente da Mesa da Assembleia Distrital.

    A lista derrotada entende que durante o ato eleitoral para os órgãos distritais do PSD, que se realizou no dia 30 de novembro em todas as secções concelhias do PSD, entre as 15:00h e as 20:00h, teve conhecimento que várias Mesas de Assembleia de Secção onde decorreram os atos eleitorais (por exemplo, Pedrogão Grande, Ansião, Batalha, Alcobaça, e Nazaré) foram constituídas por elementos pertencentes à lista “L”, o que viola o Regulamento Eleitoral.

   Segundo a lista de Filipe Silva, “muitas dessas mesas não estavam formalmente constituídas para que o processo eleitoral decorresse em conformidade com os Regulamentos e Estatutos o Partido. Nessa medida, e sem prescindir, os impugnantes requereram ao Conselho de Jurisdição Nacional que solicite as atas de constituição de todas as Mesas de Assembleia de seção onde ocorreu o ato eleitoral, para a aferir do grau de ilicitude e violação do regulamento e normas estatutárias.”

    Por outro lado, “foi igualmente presenciado por alguns militantes que em muitas mesas de voto, os elementos que as componham não se coibiram em fazer propaganda e de pedir aos militantes para votar na lista “L”, em pleno ato eleitoral.”

    Além disso, denuncia existir “igualmente fortes suspeitas de que foram descarregados militantes nos cadernos eleitorais, como tendo votado, que não compareceram no ato eleitoral, o seu voto foi colocado na respetiva urna. “

     Para a lista de Filipe Silva, “tais factos violam os princípios que norteiam a democraticidade interna que deve presidir a todos os atos eleitorais do PSD. Em suma, os fatos vertidos na impugnação que apresentámos resultam do conhecimento de situações diversas ocorridas nas mesas de voto da grande maioria das secções do Distrito de Leiria e que podem igualmente ser comprovados por prova documental a ser requerida pelo CJN, pelo que entendemos que o ato eleitoral para a eleição dos órgãos distritais de Leiria do PSD “
17-12-2019
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Acesso Universal aos Cuidados para a Saúde da Visão em Portugal: O que Falhou?
Dr. Raúl de Sousa
Taxa de mortalidade por doença cardiovascular: diminuição ou ilusão?
Dr. Luís Negrão
Comemorar Dezembro como o mês da Medicina Interna!
Dr. João Araújo Correia
A arritmia que pode causar um AVC
Dr. Ernesto Carvalho
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o