Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Concorda que as autarquias sejam obrigadas a limpar terrenos privados, caso proprietários não o façam?
Sim
Não
Não sei / Talvez
Edição Nº 62 Director: Mário Lopes Terça, 13 de Dezembro de 2005
Caldas, Alcobaça, Marinha Grande e Leiria
Jerónimo de Sousa: "Propomos a necessidade de uma rotura democrática e de Esquerda"

 Rogério Raimundo e Jerónimo de Sousa

Jerónimo de Sousa visitou o distrito de Leiria no dia 9 de Dezembro, tendo passado pelas Caldas da Rainha, Alcobaça, Marinha Grande e Leiria. O candidato presidencial afirmou que o PCP avançou com uma candidatura própria por saber desde há 2 anos que se estava a preparar a candidatura de Direita e estar preocupado com a "postura resignada e conformada do PS face à inevitabilidade da eleição de Cavaco Silva". O secretário-geral do PCP lembrou que o Presidente não governa nem legisla, mas faz cumprir a Constituição, que "a Direita sempre considerou um estorvo".

Depois de visitar o Hospital Termal das Caldas da Rainha, reaberto no dia 5 de Dezembro, Jerónimo de Sousa almoçou com meia centena de apoiantes no restaurante Frei Bernardo, em Alcobaça, incluindo Rogério Raimundo, vereador da Câmara Municipal de Alcobaça, Jorge Amador, membro da Câmara e da Assembleia Municipal de Peniche, Jorge Pires, membro do Comité Central do PCP e Luís Guerra Marques, presidente da Assembleia Municipal da Marinha Grande. De seguida, seguiu para a Marinha Grande, onde visitou a empresa Canividros e para Leiria, onde jantou com apoiantes da sua candidatura.

"Governo PS desbaratou o capital de esperança que o povo lhe atribuiu" 

De acordo com o candidato presidencial, outra das razões avançadas  para a sua candidatura foi o facto do Governo PS ter tido "uma maioria absoluta que reforçou a esquerda, mas ao fim de 8 meses quebrou não só um compromisso eleitoral de promessas concretas ao nosso povo, como desbaratou esse capital de esperança e confiança que o povo lhe tinha atribuído nas eleições de 20 de Fevereiro.

"Esta candidatura é distinta de qualquer outra", adiantou Jerónimo, acrescentando que "tendo em conta a realidade nacional, partindo dos problemas e da situação económica e social, da política gasta e regasta que conduzirá ao agravamento dos problemas nacionais, uma das marcas distintivas desta candidatura é que nós propomos a necessidade de uma rotura democrática e de Esquerda".

 Jerónimo alertou para o apoio dos grupos económicos a Cavaco Silva

O candidato comunista lembrou ainda os perigos que, no seu entender, espreitam por detrás da candidatura de Cavaco Silva, nomeadamente, o apelo de Pinto Balsemão para se instaurar o presidencialismo em Portugal e o desejo expresso pelo "líder da Extrema-Direita parlamentar" para rever a Constituição. "Será que os grupos económicos estão enganados no apoio a Cavaco Silva?", alertou.

A terminar, Jerónimo defendeu que "Portugal é possível e tem futuro, apesar dos dois milhões de pobres" . O candidato considerou que, incluindo a crise de 1385 e a Revolução Liberal de 1820 "foi sempre pelo povo e não com as classes dominantes que o País se afirmou".


         Mário Lopes

13-12-2005
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Porque apoio Manuel Alegre
Uma segunda volta clarificadora
Voto Jerónimo de Sousa É precisa memória e não ser ingénuo! Ter confiança e muita determinação!
Não dou cavaco
Mensagem do Natal 2005
Porque é feriado dia 8 de Dezembro? Imaculada Conceição de Maria Santíssima
O Pesadelo do Pai Natal
Os Bancos Alimentares Contra a Fome e a Generosidade dos Portugueses
O "meu" Brasil
Restauração da Independência de Portugal
As eleições presidenciais
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o