Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Os espectadores de futebol devem poder regressar aos estádios?
Sim, com restrições
Não
Não sei / talvez
Edição Nº 132 Director: Mário Lopes Segunda, 3 de Outubro de 2011
Santarém
Pequenos Cantores de São Francisco iniciaram ano lectivo 2011/2012
    


Diogo Pombo, Vítor Gaspar e David Pacceti

A Sala da Assembleia Municipal recebeu, no dia 29 de Setembro, a sessão de abertura do ano lectivo dos Pequenos Cantores de São Francisco bem com a entrega dos diplomas aos alunos. 

   Vitor Gaspar, vereador com o Pelouro da Cultura aproveitou a presença no local para explicar aos Pequenos Cantores que estavam acompanhados pelos pais, que aquele espaço é onde decorre a Assembleia Municipal que é o órgão deliberativo do Município. Espaço de reunião dos partidos políticos e da Câmara Municipal para aí decidirem sobre assuntos relativos ao Município de Santarém.

   O vereador deu os parabéns pelo esforço e trabalho desenvolvido pelos pequenos cantores e referiu que o seu canto chegou mais longe pois algumas empresas e entidades públicas vão querer patrocinar este projecto e uma delas é a Direcção Regional de Cultura de Lisboa e Vale do Tejo que após uma apresentação do Coro na Sé de Santarém decidiu apoiar o projecto em termos financeiro e, nesse sentido, a Câmara Municipal de Santarém realizou um protocolo com esta Direcção Regional de Cultura.

   Vitor Gaspar disse ainda aos pequenos artistas que estes são “pequenos grandes cantores e sintam o quanto é importante a música, a arte de cantar e aprofundar os vossos conhecimentos na música”.

   De seguida, Vítor Gaspar, vereador da Câmara Municipal, David Pacceti, director artístico e Diogo Pombo, director musical, entregaram os diplomas aos jovens Pequenos Cantores.

   No final da cerimónia de abertura do ano lectivo 2011/2012, David Pacceti apresentou os objectivos/planificação gerais até 2014 e os da temporada de 2011/2012, entre eles, ainda por confirmar:
• Actuação na Gala Bernardo Santareno;
• 18 de Dezembro – Missa Adento;
• 8 Janeiro – Concerto Ano Novo “Solenes Vésperas de Natal”, de João Rodrigues Esteves com o 1737.pt
• 18 Março – Missa Quaresma
• 27 Maio – Missa;
• 17 Junho – Missa
• Concerto fora de Santarém
• Seminário de Educação Vocal.

   O projecto dos Pequenos Cantores de São Francisco – PCSF, impulsionado pelo presidente da Câmara de Santarém, Francisco Moita Flores, estruturou-se a partir de Julho de 2009, tendo os ensaios do coro tido início em Dezembro de 2010.

   O Coro dos Pequenos Cantores de S. Francisco, sedeado na antiga Escola Prática de Cavalaria, representa um projecto musical de características excepcionais no contexto cultural português, tendo em conta que se trata de um coro litúrgico erudito de crianças, que vai participar regularmente em celebrações da Sé Catedral de Santarém.

   A existência deste tipo de coros é habitual noutros países da Europa, tais como Espanha que tem o coro infantil litúrgico mais antigo do mundo - a Escolanía de Montserrat, em funcionamento desde o séc. XIII, ou França, que conta com cem coros inscritos numa federação de petits chanteurs, bem como o Reino Unido que mantém viva a tradição dos boys choirs em dezenas de catedrais e igrejas.

   Em Portugal, a grande tradição dos coros de moços (designação portuguesa antiga para este tipo de coro), entrou em decadência há quase dois séculos, da qual não recuperou até hoje.

   É por isso que este projecto é tão inovador e único, tendo em conta que no nosso País, para além dos Pequenos Cantores de São Francisco, parece que funciona apenas mais um grupo vocal com características semelhantes – pequenos cantores, repertório erudito e actuação regular na igreja: os Pequenos Cantores da Basílica da Estrela, em Lisboa.

   O Coro dos Pequenos Cantores de S. Francisco tem direcção artística de David Paccetti Correia, organista e também gestor dos órgãos históricos de Santarém e direcção musical de Diogo Rato Pombo, maestro.

   Os Pequenos Cantores de São Francisco não limitam o seu repertório apenas à música litúrgica nem ao espaço do sagrado e têm previsto no seu plano de actividades concertos em que vão interpretar música erudita não religiosa, tais como repertório próximo ao jazz.

   Fonte: Gabinete de Relações Públicas e Comunicação da Câmara Municipal de Santarém
03-10-2011
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Os Municípios e o Orçamento de Estado 2012
António Lucas
Rejeitar o colapso de Portugal
João Paulo Costa
A política da terra queimada – o caso da venda do Estádio Municipal de Leiria
Micael Sousa
O que nós não temos mas podemos ser
António Honório
Matematim ou Latinática?
Luís Reis
A Reforma da Administração Local e o concelho de Alcobaça
Luís Félix Castelhano
A Escolha
Valdemar Rodrigues
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o