Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Leiria tem condições para ser Capital Europeia da Cultura?
Sim
Não
Não sei / talvez
Edição Nº 210 Director: Mário Lopes Segunda, 11 de Junho de 2018
Investimento de 350 mil euros
Requalificação do atual Museu da Nazaré vai arrancar mas já está previsto novo edifício
  
 Walter Chicharro e Celeste Amaro assinaram o protocolo
  O ministro da Cultura, Luís Filipe Castro Mendes, marcou presença no dia 8 de junho, no Salão Nobre dos Paços do Concelho da Nazaré, na assinatura do protocolo entre a Câmara da Nazaré e a Direção Regional de Cultura do Centro (DRCC), que visa dar início à transferência de espólio e de funcionários do Museu Joaquim Manso para espaços da autarquia e à requalificação do edifício do Museu. O investimento ascende a 350 mil euros, sendo comparticipado pela DRCC em 200 mil euros e o restante pelo município da Nazaré. Prevê-se que as obras se iniciem em 2018 e estejam concluídas até final de 2019.

   Estiveram presentes na cerimónia, além de Luís Filipe Castro Mendes; a Diretora Regional de Cultura do Centro, Celeste Amaro, o presidente do Município da Nazaré, Walter Chicharro, e restante Executivo.

   A obra de requalificação do Museu Joaquim Manso terá início após a transferência de parte do espólio para o Centro Cultural da Nazaré, e do restante espólio para um edifício municipal situado na Rua dos Lavradores, na Nazaré, onde ficarão patentes as exposições e os serviços administrativos do Museu.

   O edifício do Museu Joaquim Manso, que se encontrava já em “avançado estado de degradação” e que “já não reúne condições para acolher com integridade e segurança os visitantes e apresentar as suas exposições e iniciativas socioeducativas, nem cumpre os requisitos mínimos para a salvaguarda das coleções e segurança e trabalho da equipa técnica”, passa por trabalhos ao nível da estrutura do edifício, substituição da cobertura, e reinstalação de toda a parte eléctrica.

   Segundo o protocolo, a DRCC irá “disponibilizar 100 mil euros em 2018, e outros 100 mil euros em 2019, para as obras de reabilitação do atual museu” bem como “transferir os atuais trabalhadores do Museu Dr. Joaquim Manso para os espaços disponibilizados pela Câmara Municipal da Nazaré, sendo que após as obras de reabilitação serão incluídos mais dois trabalhadores, de forma a garantir o bom funcionamento do Museu” além de “diligenciar no sentido de incluir no Plano Nacional de Investimentos 20/30, a construção de um novo Museu da Nazaré”.

  
           Walter Chicharro com o ministro da Cultura
Por seu turno, a Câmara Municipal da Nazaré obriga-se a “disponibilizar um ou mais espaços para colocação, salvaguarda e exposição do acervo do Museu Dr. Joaquim Manso, se possível coincidindo com o encerramento do Museu”, “assumir o papel de dono de obra de requalificação do edifício do Museu Dr. Joaquim Manso” “investir em 2018 e 2019 o montante excedente para a reabilitação do edifício do Museu Dr. Joaquim Manso”, ou seja, 150 mil euros, e “após as obras de reabilitação, receber o Museu Dr. Joaquim Manso”.

   Segundo Walter Chicharro com a reabilitação do atual espaço do Museu Dr. Joaquim Manso, existe a “necessidade de repensar o projecto do novo museu, a construir depois de 2021”, tendo em conta que “se tem que integrar a requalificação que se vai agora efectuar”. O edil nazareno lembrou ainda que a “requalificação do Museu Dr. Joaquim Manso, da Capela de São Gião, do Forte de São Miguel e a abertura da Casa Museu Mário Botas, estão inseridos num plano da autarquia de reabilitar o território e dar condições aos visitantes de passarem mais tempo na Nazaré.

   Por sua vez, Luís Filipe Castro Mendes lembrou que “é fundamental a colaboração entre Estado e autarquias locais para o desenvolvimento da Cultura e recuperação do nosso Património”, pelo que “o Estado está a confiar no poder local e a institucionalizar uma parceria com os municípios”, por forma a reabilitar o espólio patrimonial do País.

   O projecto de requalificação do Museu Dr. Joaquim Manso é da responsabilidade da Direção Regional de Cultura do Centro e do Município da Nazaré, sendo a obra e o investimento repartidos entre 2018 e 2019.

   Mónica Alexandre
11-06-2018
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Pela Conclusão da IC3/A13
Tiago Carrão
Posição do CDS sobre os documentos previsionais do Municipio de Alcobaça para 2019
Carlos Bonifácio
A vacinação reduz o número de casos e de mortes por pneumonia
Dr. Vasco Barreto
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o