Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Leiria tem condições para ser Capital Europeia da Cultura?
Sim
Não
Não sei / talvez
Edição Nº 210 Director: Mário Lopes Domingo, 13 de Maio de 2018
Mostra ‘Fratelli Toso 1910-1970’ assinala o Dia Internacional dos Museus
Marinha Grande recebe mostra sobre os 60 anos da fábrica italiana de vidro de Murano
  
 Museu do Vidro da Marinha Grande recebe a exposição
                               sobre o vidro Murano
A Câmara Municipal da Marinha Grande assinala o Dia Internacional dos Museus (DIM) através de um conjunto de atividades dirigido à população, que decorre de 18 a 25 de maio, com o objetivo de divulgar os espaços museológicos da cidade e cujo ponto alto ocorre no dia 18 de maio, com a “Noite dos Museus”, que inclui a inauguração da exposição “Fratelli Toso” e o concerto do Quarteto D. Dinis, do Orfeão de Leiria, no Museu do Vidro.

   O Dia Internacional dos Museu é celebrado a 18 de maio, por iniciativa do Conselho Internacional de Museus (ICOM) que, este ano, escolheu o tema “Museus hiperconectados: novas abordagens, novos públicos”.

   A Câmara Municipal da Marinha Grande organiza o seguinte programa para assinalar a efeméride:

18 de maio | entrada gratuita no Museu Joaquim Correia
18, 19 e 20 de maio | entradas gratuitas no Museu do Vidro

18 de maio | Noite dos Museus
Abertura do Museu, das 21h00 às 24h00

21h30 | Inauguração da exposição temporária "Fratelli Toso, 1910-1970", acompanhada de atuação do Quarteto D. Dinis, do Orfeão de Leiria no interior do Palácio Stephens.

Exposição "Fratelli Toso, 1910-1970"
Fundada em Murano - Veneza no ano de 1854 pelos irmãos Toso, a fábrica Fratelli Toso deu um importante contributo para a história do vidro de Murano, não só pela sua importância na renovação artística do vidro de Murano no século XIX, mas também pelo desenvolvimento e aperfeiçoamento da utilização das técnicas de murrine ou millefiori na produção de vidro manual.
A história e percurso desta fábrica é-nos contada através da coleção de Lutz H. Holz, que desde há vários anos tem vindo a reunir um importante acervo de vidro de Murano.
A exposição Fratelli Toso 1910-1970 dá-nos a conhecer cerca de 60 anos de produção desta fábrica histórica, através de alguns dos melhores exemplares em vidro de Murano produzidos pela Fratelli Toso, realizados através de técnicas tradicionais venezianas, numa combinação de história, arte e ciência do vidro.

Quarteto D. Dinis
Ficha técnica:
Ivana Dimitrijevic Vilela, violino João Diogo Pereira, violino Ana Luzia Lapo, violeta Rita Fernandes, violoncelo
Entrada gratuita.

19 de maio
15h30 | Jardim Stephens
Espetáculo com a Banda Filarmónica das Cortes
A Filarmónica das Cortes, do concelho de Leiria, terá sido fundada em 1878, mas a sua oficialização é de 31 de Janeiro de 1881, data em que foi feita a escritura pública de constituição. Ficou histórica a sua intervenção, com outras Filarmónicas, na recepção ao jovem Rei D. Manuel II, em Leiria, em Outubro de 1909. Desde a sua fundação até aos nossos dias, a Filarmónica tem conseguido manter a sua atividade de forma regular, resistindo às crises e guerras que o país e o mundo foram atravessando.
A sua Academia de Música, com cerca de 45 alunos vai formando os jovens que vão mantendo a Filarmónica em plena atividade, permitindo-lhe atuar nas romarias, concertos sinfónicos, concerto com coros, encontros com outras filarmónicas nacionais e internacionais.
A Sociedade Artística e Musical Cortense conta com 50 elementos na Filarmónica, 20 na Classe Juvenil, 45 no Coro adulto e 15 no Classe de Coro Infantil.
A Filarmónica toca quase todo o género de música: clássica, religiosa, popular, ligeira, pop-rock, tentando assim, cativar os seus elementos e chegar ao maior número de ouvintes, demonstrando que estes grupos têm conseguido acompanhar os tempos modernos.
Este espetáculo insere-se na Candidatura CIMRL Região de Leiria Rede Cultural.
Entrada livre.

20 de maio
11h00 | Casa da Cultura
MÃO VERDE com CAPICUA & PEDRO GERALDES
Espetáculo para crianças com música de Pedro Geraldes e lenga lengas originais cantaroladas por Capicua. “Mão Verde” é um concerto temático, em torno das plantas, da agricultura, da alimentação, dos cheiros das ervas aromáticas, da cor das flores e com uma clara motivação ecologista.
Durante cerca de uma hora, sempre com momentos de interação com o público, sucedem-se canções alegres, com mensagens importantes, numa abordagem tão inteligente quanto engraçada dos temas quotidianos e do universo verde que nos rodeia; rimas, histórias, rap e jogos de palavras, sobre batidas coloridas e acompanhadas por diversos instrumentos tocados ao vivo.
Este espetáculo deu, entretanto, origem a um disco e um livro, ou melhor a um “lisco” e um “divro” que, sendo para crianças, não se quer infantil; o disco tem música de Pedro Geraldes e lengalengas originais escritas e cantaroladas por Capicua e o livro, além das lengalengas escritas no papel, tem ilustrações de Maria Herreros e notas didáticas que ajudam a aprofundar o conteúdo das letras.
Ficha Técnica |
Capicua – voz e autoria das letras
Pedro Geraldes – programações, música e arranjos, guitarra, baixo, teclas e percussão.
Ivo Magalhães – som
Virginia Esteves – luz
Mário Castro – road manager
Radar dos Sons – agenciamento
Uma encomenda do Teatro Municipal São Luiz – Dezembro 2015
Duração | 50m
Classificação Etária | M/3 anos
Preço | 3€

21 a 25 de maio | Visita à exposição "Contemporâneos VI, Vidro Artístico Contemporâneo Português"
Sessões às 09h30 e 10h30
Duração: 1 hora
Local: Núcleo de Arte Contemporânea do Museu do Vidro
Visita à exposição temporária, em que de seguida as crianças realizarão um desenho acerca da exposição e dos trabalhos que terão oportunidade de conhecer, pretendendo-se estimular o gosto pelas artes desde cedo.
Publico alvo: crianças dos 3 aos 6 anos, a frequentar os Jardins-de-infância do concelho.
Participação gratuita.

   Fonte: GI|CMMG
13-05-2018
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Pela Conclusão da IC3/A13
Tiago Carrão
Posição do CDS sobre os documentos previsionais do Municipio de Alcobaça para 2019
Carlos Bonifácio
A vacinação reduz o número de casos e de mortes por pneumonia
Dr. Vasco Barreto
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o